Capacidade produtiva do pinhão manso em função da adubação orgânica e mineral no Sertão Paraibano

Anne Carolline Maia Linhares, Diego Frankley da Silva Oliveira, Luciana Menino Guimarães, Sonaria de Sousa Silva, Fabiana Xavier Costa

Resumo


O pinhão manso (Jatropha curcas L.) é uma planta oleaginosa perene, originária das Américas
que possui amplo potencial agrícola, destacando-se pela alta produtividade e qualidade satisfatória do óleo
para produção de biodiesel. Objetivou-se com essa pesquisa avaliar a capacidade produtiva do pinhão
manso em função da adubação orgânica (casca de pinhão manso moída e natural) e adubação mineral
(doses crescentes de nitrogênio e fixas de fósforo), nas condições edafoclimáticas do município de Catolé
do Rocha- PB. A pesquisa foi realizada na área experimental do Campus IV da Universidade Estadual da
Paraíba, município de Catolé do Rocha-PB. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos
casualizados, em arranjo fatorial 2 x 4, sendo (2) representando duas formas de utilização da casca do
pinhão manso (natural e moída) na quantidade de 3 toneladas/ha e (4) referente as dosagens de nitrogênio
(0, 30, 60, e 90 kg/ha), com 4 repetições, totalizando 32 parcelas experimentais. O pinhão manso respondeu
significativamente a adubação realizada com casca de pinhão manso natural e as dosagens crescentes
utilizadas de nitrogênio não influenciaram na produtividade do pinhão manso.


Texto completo:

PDF

Referências


Arruda, F. P. et al. (2004). Cultivo do Pinhão

Manso (Jatrofa curcas L.) como Alternativa para o

Semi-Árido Nordestino. Revista Brasileira de

Oleaginosas e Fibrosas, 8 (1), 789-799.

Azevedo, H. (20060. “Pinhão manso é lançado

pelo presidente Lula como opção para biodiesel

– vegetal é de fácil cultivo”. Hoje em Dia, 8 a

/01/2006, Brasília-DF.

Dias, L. A. S. et al. (2007). Cultivo de pinhão

manso (Jatropha curcas L.): para produção de

óleo combustível (40p). Viçosa, MG: UFV.

Ferreira, D.F. (2011). Sisvar: a computer statistical

analysis system. Ciênc. agrotec., Lavras , 35 (6),

-1042.

Furtini Neto, A. E. et al. (2001). Fertilidade do

Solo (261f). Monografia de Especialização EAD,

Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG,

Brasil.

Gusmão, C.A.G. (2010). Desempenho do pinhão

manso (Jatropha curcas L) de segundo ano

submetido a diferentes doses e relações NPK.

Janaúba, MG: Unimontes.

Kiehl, E. M. (1985). Fertilizantes orgânicos (492p).

São Paulo: Ed. Ceres.

Laviola, B. G., & Dias, L. A. S. (2008). Teor e

acúmulo de nutrientes em folhas e frutos de

pinhão-manso. Revista Brasileira de Ciências do

Solo, 32 (5), 1969-1975.

Martins, C. C., Machado, C. G., & Cavasini, R.

(2008). Temperatura e substrato para o teste de

germinação de sementes de pinhão manso.

Revista Ciência Agrotecnologia, 32 (3), 863-868.

Oliveria, R. B. de, Gimenez, V. M. M., & Godoy, S.

A. P. de. (2007). Intoxicações com espécies da

família Euphorbiaceae. Revista Brasileira de

Biociências, 5, 69-71.

Oliveira. S.J.C. (2009). Componentes do pinhão

manso (Jatropha curcas L.) em função da poda e

adubação mineral (110f). Tese de Doutorado,

Universidade Federal da Paraíba, Programa de

Pós - graduação em Agronomia, Areia, PB, Brasil.

Oliveira, E. L., Faria, M. A., Evangelista, A. W. P.,

& Melo, P. C. (2012). Resposta do pinhão-manso

à aplicação de níveis de irrigação e doses de

adubação potássica. Revista Brasileira de

Engenharia Agrícola e Ambiental, 16 (6), 593-598.

Pinhão manso (Jatropha curcas) – Uma planta de

futuro. Recuperado em 23 julho, 2010, de

http://www.pinhaomanso.com.br.

Ribeiro, M. S. (2009). Caracterização biométrica

de sementes de pinhão manso. Anais do

Congresso Brasileiro de Pesquisas de Pinhão

Manso (CD-ROM). Brasília, DF, Brasil, 198.

Severino, L.S., Ferreira, G.B., Moraes, C.R.A.,

Gondim, T.M.S., Cardoso, G.D., Viriato, J.R., &

Beltrão, N.E.M. (2006). Produtividade e

crescimento da mamoneira em resposta à

adubação orgânica e mineral. Pesquisa

Agropecuária Brasileira, 41 (5), 879-882.

Silva, J. T. A., Costa, E. L., Silva, I. P., & Moura, A.

(2007). Adubação de pinhão manso (Jatropha

curcas 1) com nitrogênio e fósforo. Anais

Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas,

Óleos, Gorduras e Biodiesel (CD-ROM),

Universidade Federal de Larvas, Varginha, MG,

Brasil, 4.

Silva, M. I. L. (2008). Acúmulo de fitomassa e

componentes de produção da mamoneira em

função de desfolhamento e adubação nitrogenada

(57f). Dissertação de Mestrado, Universidade

Federal da Paraíba, Areia, PB, Brasil.

Taiz, L., & Zeiger, E. (2008). Fisiologia vegetal. (3

ed., 719p). Porto Alegre: Artmed.

Tikkoo, A., Yadav, S. S., & Kaushik, N. (2013).

Effect of irrigation, nitrogen and potassium on

seed yield and oil content of Jatropha curcas in

coarse textured soils of northwest India. Soil &

Tillage Research, 134 (2013), 142-146.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line