Influência do balanço de sais sobre o crescimento inicial e aspectos fisiológicos de mamoeiro

Delfran Batista dos Santos, Eugênio Ferreira Coelho, Welson Lima Simões, José Amilton Santos Júnior, Mauricio Antônio Coelho Filho, Rafael Oliveira Batista

Resumo


Resumo: A falta de água com qualidade passível de ser aplicada via irrigação é um problema historicamente
conhecido pela população do semiárido brasileiro. Visto isso e visando viabilizar a produção de alimentos,
formas de aproveitamento de águas salinas na irrigação, têm sido propostas. Neste contexto, o objetivo desse
estudo foi avaliar a influência do balanço de sais sobre parâmetros fisiológicos e de crescimento de mudas de
mamoeiro (Carica papaya L. - cv. Sunrise Solo) sob estresse salino. Adotou-se delineamento experimental
inteiramente casualizado, com seis tratamentos e cinco repetições, totalizando trinta unidades experimentais.
Os tratamentos consistiram da aplicação de seis frações de lixiviação, equivalentes a 4 - testemunha, 17, 20,
25, 35 e 42% da lâmina de água de irrigação (1,4 dS m-1), sendo que, para a fração de lixiviação de 4%,
utilizou-se água de abastecimento municipal de Cruz das Almas, BA, Brasil (0,3 dS m-1). Verificou-se que a
altura das plantas, diâmetro do caule e área foliar foram parâmetros sensíveis aos diferentes níveis de balanço
de sais estabelecidos na fase inicial de crescimento, com resultados mais expressivos que a testemunha
quando se adotou a fração de lixiviação de 42%.
Palavras chave: Carica papay, Salinidade, Frações de lixiviação


Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, A.A.C.; SANTOS, E.L. Estimativa da área

foliar do mamoeiro: método não destrutivo. In:

CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA,

, 2002, Belém. Anais... Belém: [s.n], 2002. 1 CD

ROM.

AZEVEDO NETO, A.D. de; PEREIRA, P.P.A.;

COSTA, D.P.; SANTOS, A.C.C. dos. Fluorescência

da clorofila como uma ferramenta possível para

seleção de tolerância à salinidade em girassol.

Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, CE, v.

, n. 4, p. 893-897, 2011.

COELHO, E.F.; ANDRADE, C.L.T.; OR, D.; LOPES,

L.C.; SOUZA,C.F. Desempenho de diferentes guias

de onda para uso com o analisador TRASE.

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e

Ambiental, Campina Grande, PB, v. 5, n. 1, p. 81-

, 2001.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisas de

Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de

Solos. 2. ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA Solos,

306p.

FERNANDES, A.R.; CARVALHO, J.G.; CURI, N.;

GUIMARÃES, P.T.G.; PINTO, J.E.B.P. Crescimento

de mudas de pupunheira (Bactris gasipaes H.B.K)

sob diferentes níveis de salinidade. Ciência e

Agrotecnologia, Lavras, MG, v. 27, n. 2, p. 278-

, 2003.

FERNANDES, P.D.; BRITO, M.E.B.; GHEYI, H.R.;

SANTOS FILHO, W.S; MELO, A.S. de; CARNEIRO,

P.T. Crescimento de híbridos e variedades portaenxerto

de citros sob salinidade. Acta Scientiarum.

Agronomy, Maringá, PR, v. 33, n. 2, p. 259-267,

FERREIRA, P.A.; MOURA, R.F. de; SANTOS, D.B.

dos; FONTES, P.C.R.; MELO, R.F. de. Efeitos da

lixiviação e salinidade da água sobre um solo

salinizado cultivado com beterraba. Revista

Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental,

Campina Grande, PB, v. 10, n. 3, p. 570-578, 2006.

GARCIA, G. de O.; FERREIRA, P.A.; MIRANDA,

G.V.; OLIVEIRA, F.G. de; SANTOS, D.B. dos.

Indices fisiológicos, crescimento e produção do

milho irrigado com água salina. Irriga, Botucatu,

SP, v. 12, p. 307-325, 2007.

IBGE. Censo agropecuário 2009: Produção

agrícola municipal. Disponível em:

http://www.sidraibge.com.br. Acesso em: 20 mar.

JAMIL, M.; REHMAN, S. ur; LEE, K.J.; KIM, J.M.;

KIM, H-S.; RHA, E.S.. Salinity reduced growth PS2

photochemistry and chlorophyll content in radish.

Scientia Agricola, Piracicaba, SP, v. 64, n. 2,

KARLIDAG, H.; YILDIRIM, E.; TURAN, M. Salicylic

acid ameliorates the adverse effect of salt stress on

strawberry. Scientia Agricola, Piracicaba, SP, v.

, n. 2, p. 180-187, 2009.

LARCHER, W. Ecofisiologia Vegetal. Tradução de

Carlos Henrique B. A. Prado. São Carlos: RiMa,

531p.

LIMA, J.F. de; PEIXOTO, C.P.; LEDO, C.A. da S.

Índices fisiológicos e crescimento inicial de

mamoeiro (Carica papaya L.) em casa de

vegetação. Ciência e Agrotecnologia, Lavras,

MG, v. 31, n. 5, 2007.

MARINHO, A.B.; BERNARDO, S.; SOUSA, E.F.;

PEREIRA, M.G.; MONERAT, P.H. Produtividade e

qualidade de frutos de mamão cultivar 'Golden' sob

diferentes lâminas de irrigação e doses de potássio

no norte de Espírito Santo. Engenharia Agrícola,

Jaboticabal, SP, v. 28, n. 3, 2008.

MEDEIROS, J.F. Qualidade de água de irrigação

e evolução da salinidade nas propriedades

assistidas pelo ‘GAT’ nos estados de RN, PB e

CE. Campina Grande, PB: DEAg/UFPB, 1992.

f. Dissertação (Mestrado em Engenharia

Agrícola) - Universidade Federal da Paraíba,

Campina Grande, 1992.

MORAIS, F.A. de; GURGEL, M.T.; OLIVEIRA,

F.H.T. de; MOTA, A.F. Influência da irrigação com

água salina na cultura do girassol. Revista Ciência

Agronômica, Fortaleza, CE, v. 42, n. 2, 2011.

MUNNS R. Physiological processes limiting plant

growth in saline soil: some dogmas and

hypotheses. Plant, Cell and Environment, Oxford,

v. 16, p.15-24, 1993.

______.; JAMES, R.A.; L¨AUCHLI, A. Approaches

to increasing the salt tolerance of wheat and other

cereals. Journal of Experimental Botany, Oxford,

v. 57, p.1025–1043, 2006.

NOBRE, R.G.; GHEYI, H.R.; CORREIA, K.G.;

SOARES, F.A.L.; ANDRADE, L.O. Crescimento e

floração do girassol sob estresse salino e adubação

nitrogenada. Revista Ciência Agronômica,

Fortaleza, CE, v. 41, n. 3, 2010.

POSSE, R.P.; SOUSA, E.F. de; BERNARDO, S.;

PEREIRA, M.G.; GOTTARDO, R.D. Total leaf area

of papaya trees estimated by a nondestructive

method. Scientia Agricola, Piracicaba, SP, v. 66,

n. 4, p. 462-466, 2009.

RHOADES, J.D.; CHANDUVI, F.; LESCH, S. Soil

Salinity Assessment: Methods and

interpretation of electrical conductivity

measurements. Rome: FAO. (Irrigation and

drainage). 1999, 150p. Paper n. 57.

RIBEIRO JUNIOR, J.I. Análises estatísticas no

SAEG (Sistema para análises estatísticas).

Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2001.

p.

RICHARDS, L.A. Diagnosis and improvement of

saline and alkali soils. Washington D.C.: US

Department of agriculture, 1954. 160p.

ROCHA, D.G.F.; HOLANDA, J.S.; MEDEIROS,

J.F.; ALENCAR, R.D.; PORTO FILHO, F.Q.;

ROCHA, A.A. Comportamento de cultivares de

melão Pele de sapo submetidas a condições de

salinidade. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE

FRUTICULTURA, 10, 2000, Fortaleza. Anais...

Fortaleza, SBF, 2000, CD-Rom.

SANTOS, D.B.; FERREIRA, P.A.; OLIVEIRA, F.G.

de; GARCIA, G. de O.; CARNEIRO, J.E. de S.;

CANO, M.A.O. Estratégias de manejo da irrigação

do feijoeiro com água salina. Revista Brasileira de

Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina

Grande, PB, v. 9, p. 16-20, 2005.

SANTOS, D. B. Efeitos da salinidade sobre

características químicas do solo, aspectos

nutricionais, fisiológicos e de produção no

feijoeiro irrigado, 2005, 78f. Tese (Doutorado em

Engenharia Agricola) Universidade Federal de

Viçosa, Viçosa, 2005.

SANTOS, F.S.S. dos; VIANA, T.V.A.; AZEVEDO,

B.M. de; OLIVEIRA, C.W.; SOUSA, A.E.C. Efeito de

diferentes lâminas de irrigação na cultura do

mamão. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, SP, v.

, n. 4, 2008.

SOUSA, A.B.O. de; BEZERRA, M.A.; FARIAS, F.C.

Germinação e desenvolvimento inicial de clones de

cajueiro comum sob irrigação com água salina.

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e

Ambiental, Campina Grande, PB, v. 15, n. 4, p.

-394, 2011.

WILLADINO, L.; OLIVEIRA FILHO, R.A. de; SILVA

JUNIOR, E.A. da; GOUVEIA NETO, A.; CAMARA,

T.R. Estresse salino em duas variedades de canade-

açúcar: enzimas do sistema antioxidativo e

fluorescência da clorofila. Revista Ciência

Agronômica, Fortaleza, CE, v. 42, n. 2, 2011.

YAMANISHI, O.K.; MELLO, R.M. de, MARTINS,

V.A.; LIMA, L.A. de; FAGUNDES, G.R.

Comportamento do mamoeiro Sekati nas condições

do Oeste da Bahia. Revista Brasileira de

Fruticultura, Jaboticabal, SP, v. 28, n. 1, p.79-82,


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line