Caracterização cromossômica em Physalis angulata L. e P. peruviana L.

Flaviane Leite Araújo, Sandra Regina de Oliveira Domingos Queiroz, Adriana Rodrigues Passos, Juan Tomás Ayala Osuna

Resumo


Resumo: Este trabalho objetivou caracterizar os cromossomos de Physalis angulata e P. peruviana a fim de
gerar informações sobre o germoplasma destas espécies que possam ser úteis em programas de
melhoramento, uma vez, que P. angulata e P. peruviana, são plantas medicinais com elevado potencial,
tanto para produção de substâncias de interesse farmacológico, quanto para produção de frutos, que são
bastante apreciados e de estimado valor comercial. Os cromossomos de ambas as espécies foram obtidos
por meio de técnica citogenética convencional, a partir da ponta da raiz obtidas de sementes cultivadas no
município de Feira de Santana-BA. Os resultados demonstraram que houve variação no número de
cromossomos para ambas as espécies, sendo que a P. peruviana apresentou metáfases com 44, 46, 48 e
50 cromossomos e a P. angulata metáfases com 2n = 44, 46, 47 e 48 cromossomos. P. angulata foi
considerada poliplóide com conformação tetraplóide, assim como a P. peruviana. Foi possível estimar a
classificação cromossômica para P. angulata, sugerindo a formulação cariotípica de 18SM+4ST+2M. As
informações obtidas neste trabalho são importantes para auxiliar programas de melhoramento genético com
as espécies visando a obtenção de híbridos, já que verificou-se uma semelhança no número e tipo
predominante de cromossomos entre as espécies estudadas.
Palavras chave: camapú, cariótipos, caracterização citogenétic.


Texto completo:

PDF

Referências


ACOSTA, M. C.; BERNARDELLO, G.; GUERRA,

M.; MOSCONE, E. A. Karyotype analysis in

several South American species of Solanum and

Lycianthes rantonnei (Solanaceae). Taxon,

Vienna. v. 54, n. 3, p. 713-723, ago. 2005.

ANDRAS, S. C.; HARTMAN, T. P.; MARSHALL,

J. A.; MARCHANT, R.; POWER J. B.; COCKING,

E. C.; DAVEY M. R. A drop-spreading technique

to produce cytoplasm-free mitotic preparation

from plants with small chromosomes.

Chromosome Research. Oxford, v. 7, p. 641-

, dez. 1999.

BERNADELLO, L. M., HEISER, C., B., PIAZANO,

M. Kariotypic studies in Solanum section

Lasiocarpa (Solanaceae). Australian Journal of

Botanic. St. Louis, v. 77, p. 95-103, jan. 1994.

BRANDHAM, P. Cytogenetics. In: PRIDGEON, A.

M.; CRIBB, P. J.; CHASE, M. W.; RASMUSSEN,

F. N. Genera Orchidacearum. v. 1. Oxford

University Press, ago. 1999.

CHAVES, A.C. Propagação e avaliação

fenológica de Physalis sp na região de

Pelotas-RS. 2006. 65 f. Tese (Doutorado) –

Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2006.

GUERRA, M. Reviewing the chromosome

nomenclature of Levan et al. Rev. Bras. Genet. v.

,741-743p.,1986.

______.Chromosome numbers in plant

cytotaxonomy: concepts and implications. In:

PUERTAS, MARIA J. ;NARANJO TOMÁS, (Ed.)

Cytogenetic and Genome Research. Suíça, v.

, n. 3-4, p. 339 - 350, mai. 2008.

GUPTA, S.K.; ROY, S.K. The floral biology of

cape gooseberry (Physalis peruviana L.

Solanaceae, India). Indian Journal of

Agricultural Science, New Delhi, v.51, n.5,

p.353-355, 1981.

HOLT, S. AIDS: Exploring alternative and

complementary therapies. Townsend letter –

november 2008, p 75-83. Disponível em:

http://www.naturalclinician.com/articles/AIDS.pdf.

Acesso em: 24 nov. 2011.

KARSBURG, I. V. Morfologia floral, citometria

de fluxo e citogenética de Lycopersicon

esculentum Mill. Acesso BGH 160. 2006, 1v, 87

f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento)

- Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.

LAGOS, T. C; VALLEJO, F. A; CAETANO, C. M;

MUÑOZ J. E.; CRIOLLO, E. H. Comportamiento

meiotico de algunos genotipos de Physalis

peruviana L. Revista Fitotecnia Colombiana.

Colombia, v. 5 n.1, p. 1-12. Enero-junio 2005.

LEVAN, A.; FREDGA, K.; SANDBERG, A. A.

Nomenclature for centromeric position on

chromosomes. Hereditas, Nova York, v. 52, p.

-220, nov. 1964.

LORENZI, H.; MATOS, F. J. A. Plantas

medicinais no Brasil: nativas e exóticas

cultivadas. 2. ed. Editora Instituto Plantarum:

Nova Odessa, 2008. 512 p.

MAGALHÃES, H. I. F. Atividade Antitumoral (in

vitro e in vivo) das fisalinas isoladas de

Physalis angulata LIN. 2005. 1v, 118 f.

Dissertação (Mestrado em Farmacologia) -

Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2005.

MELLONI, Maria Natália Guindalini.

Determinação do número cromossômico de

espécies arbóreas nativas com potencial

madeireiro. 2010. 1v. 69 f. Dissertação

(Mestrado em Agronomia)- Universidade Estadual

Paulista Júlio Mesquita Filho, Faculdade de

Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal,

MENZEL, Margaret Young. The cytotaxonomy

and genetics of Physalis. Virginia. Proceedings

of the American Philosophical Society, v. 95, n.

, p. 132–183, 1951.

MORAES, I. C. R. Caracterização citogenética

e da biologia reprodutiva de três espécies dogênero Hypericum. 2007. 1v, 80 f. Dissertação

(Mestrado) - Instituto Agronômico de Campina,

Campinas, 2007.

MOSCONE, E. A.; LAMBROU, M.; HUNZIKER, A.

T.; EHRENDORFER, F. Giemsa C-banded

karyotype in Capsicum (solanaceae). Plant

systematic evolution. Austria, v. 186, n. 3-4, p.

-229, 1993.

______.; SCALDAFERRO, M. A.; GABRIELE, M.;

CECCHINI, N. M.; GARCÍA, Y. S.; JARRET, R.;

DAVIÑA, J. R.; DUCASSE, D. A.; BARBOZA, G.

E.; EHRENDORFER, F. The evolution of chili

peppers (Capsicum - Solanaceae): a cytogenetic

perspective.In: 6., 2007. INTERNATIONAL

SOLANACEAE CONFERENCE: GENOMICS

MEETS BIODIVERSITY. Acta Horticulturae,

v.745, p.137-169, 2007.

NOVOA, R. H., BOJACÁ, M., GALVIS, J. A.,

FISCHER, G. La madurez del fruto y el secado

del cáliz influyen en el comportamiento

poscosecha de la uchuva, almacenada a 12 °C

(Physalis peruviana L.). Revista Agronomía

Colombiana, v. 24, n.1, p 77-86, 2006.

PENALOSA, A. P. S. II Curso de citogenética

aplicada a recursos genéticos vegetais. In:

Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.

Documentos (INFOTECA-E), Brasília DF, p. 89,

Disponível em:

http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/

Acesso em: 13 dez. 2011.

PEREIRA, L. P.; LUZ, L. P.; TEDESCO, S. B.;

SILVA, A. C. F. Número de cromossomos em

populações de Achyrocline satureioides Lam.

(marcela) do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Revista Ciência Rural, Santa Maria, v. 36, n.2, p.

-681, Mar./Apr. 2006.

PEDROSA, A.; GITAI, J.; SILVA, A. E. B.; FELIX,

L. P.; GUERRA, M. Citogenética de

angiospermas coletadas em Pernambuco V. Acta

Botanica Brasilica, Feira de Santana, v. 13, n. 1,

p. 49-60, Jan./Apr 1999.

PIETRO, C.L.R.; JANUARIO, A. H.; FRANÇA, S.

C. In Vitro Antimycobacterial Activities of Physalis

angulata L. Phytomedicine, v.74, p.335-338,

QUIROS, C. Overview of the genetics and

breeding of husk tomato. Hort Science, v. 19, n.

, p. 872 – 874, Dec. 1984.

RODRÍGUEZ, N. C., BUENO, M. L. Estudio de la

diversidad citogenética de Physalis peruviana L.

(Solanaceae). Acta Biológica Colombiana,

Facultad de Ciências Universidad Nacional,

Bogotá, v.11, n.2, p.33 - 43, Jun. 2006.

RUFATO, L.; RUFATO, R. A.; SCHLEMPER, C.;

LIMA, C. S.; KRETZSCHMARA, A. Aspectos

técnicos da cultura da Physalis. Lages,

CAV/UDESC; Pelotas: UFPel, 2008. 100p.

WU, S. J. et al. Antihepatoma activity of Physalis

angulata and P. peruviana extracts and their

effects on apoptosis in human Hep G2 Cells. Life

Scince., v. 74, n. 17, p. 2061-2073, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line