Substratos na produção de mudas de espécies nativas do Sul do Brasil

Clarissa Ricalde Gervasio, Ana Carolina Silveira da Silva, Marcelo Benevenga Sarmento, Clara Germano Netto, Lisandra Montedo Cunha Pinheiro, Célia Julieni de Oliveira

Resumo


Resumo: O trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de diferentes substratos na produção de mudas de Vachellia caven (Molina) Seigler & Ebinger e Erythrina cristagalli L., espécies nativas do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Como constituintes dos substratos foram utilizados areia grossa (AG), vermicomposto (VC) e  casca de  arroz  carbonizada (CAC), sendo os  tratamentos os seguintes: T1:  AG + CAC (1:1) ; T2: AG + CAC + VC (1:1:1); T3: AG + CAC + VC (1:1:2) ; T4 : AG + CAC + VC (1:2:1); (v/v). O delinemaneto experimental foi interiamente casualizado quatro repetições, quatro tratamentos e dez sementes por parcela. Avaliou-se o índice de velocidade de emergência, emergência, comprimento do sistema radicular, comprimento de parte aérea, comprimento total da plântula e massa seca total de plântulas. Os substratos com adição do vermicomposto bovino permitem melhores condições para o desenvolvimento de mudas de Vachellia caven e Erythrina cristagalli, sendo esta última influenciada negativamente com maiores proporções de casca de arroz carbonizada.

 Palavras chave:  Espécies arbóreas, Casca de arroz carbonizada, Vermicomposto.


Texto completo:

PDF

Referências


Araújo, A. P., & Paiva Sobrinho, S. (2011). Germinação e produção de mudas de tamboril (Enterolobium contortisiliquum (VELL.) MORONG) em diferentes substratos. Revista Árvore, 35, 581-588.

Caldeira, M. V. W., Delarmelina, W. M., Faria, J. C. T., & Juvanhol, R. S. (2013). Substratos alternativos na produção de mudas de Chamaecrista desvauxii. Revista Árvore, 37, 31-39.

Carvalho Filho, J. L. S. et al. (2002). Produção de mudas de Cássia grandi L. em diferentes ambientes, recipientes e misturas de substrato. Revista Ceres, Viçosa, 49 (284), 341-352.

Golçalves, F. G, Alexandre, R. S., Silva, A. G., Lemes, E. Q., Rocha, A. P., & Ribeiro, M. P. (2013). Emergência e qualidade de mudas de Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong (Fabaceae) em diferentes substratos. Revista Árvore, Viçosa, 37 (6), 1125-1133.

Höfs, A., Schuch, L. O. B., Peske, S. T., & Barros, A. C. S. A. (2004). Emergência e crescimento de plântulas de arroz em resposta à qualidade fisiológica de sementes. Revista Brasileira de Sementes, 26 (1), 92-97.

Lorenzi, H. (2010). Árvores brasileiras: Manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas no Brasil. (v.1, 5 ed., 384p). Nova Odessa: Instituto Plantarum.

Miranda, J. F., Batista, I. M. P., Tucci, N. O. A., & Guimarães, M. A. S. (2013). Substrato para produção de mudas de macacaúba (Platymiscium ulei Harms) no município de autazes, AM. Ciência Florestal, Santa Maria, 23 (4), 555-562.

Sarmento, M. B., & Villela, F. A. (2010). Sementes de Espécies Florestais nativas do Sul do Brasil. Informativo Abrates, 20, 39-44.

Silva, E. A., Maruyama, W. I., Oliveira, A. C., & Bardiviesso, D. M. (2009). Efeito de diferentes substratos na produção de mudas de mangabeira (Hancornia speciosa). Revista Brasileira de Fruticultura, 31, 925-929.

Soares, F. C., Mello, R. P., Peiter, M. X., Bellel, R. A., Robaina, A. D., Vivan, G. A., & Parizi, A. R. C. (2012). Consumo de água pela cultura do lírio, cultivado em substratos alternativos em condições de ambiente protegido. Ciência Rural, 42, 1001-1006.

Steffen, G. P. K., Antoniolli, Z. I., Steffen, R. B., & Schiedeck, G. (2011). Utilização se vermicomposto como substrato na produção de mudas de Eucalyptus grandis e Corymbia citriodora. Pesquisa Florestal Brasileira, 31, 75-82.

Terra, S. B., Gonçalves, M., & Medeiros, C. A. B. (2007).Produção de mudas de jacarandá mimoso (Jacaranda mimosaefolia D. Don) em substratos formulados a partir de resíduos agroindustriais. Revista Brasileira de Agroecologia,Porto Alegre, 2 (1).

Trazzi, P. A., Caldeira, M. V. W., Passos, R. R., & Gonçalves, E. B, O. (2013). Substratos de origem orgânica para produção de mudas de teca (Tectona grandis Linn. F.). Ciência Florestal, 23, 401-409.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line