Estado nutricional de mudas de castanha-do-gurguéia em função de adubação nitrogenada e tratamento de substrato

Raimundo Falcão Neto, Ítalo Herbert Lucena Cavalcante, Leonardo Fonseca da Rocha, Leonel Soares da Costa, Francisca Gislene Albano, Márkilla Zunete Beckmann-Cavalcante

Resumo


RESUMO: Para a formação de mudas frutíferas de qualidade, o balanço nutricional adequado da planta constitui um fator fundamental. Nesse sentido, foi desenvolvido um experimento para avaliar a composição mineral das mudas de castanha-do-gurguéia, submetidas a diferentes doses de N e tratamento do substrato. O experimento foi desenvolvido no Campus Profª Cinobelina Elvas da Universidade Federal do Piauí, Bom Jesus, Piauí, Brasil adotando-se delineamento experimental em blocos casualizados com tratamentos distribuídos em esquema fatorial 5 x 2 referentes às doses de nitrogênio (0, 75, 150, 225 e 300 mg dm-3 de substrato) em cobertura e ao tratamento do substrato (calagem + adubação potássica + adubação fosfatada), com quatro repetições e três plantas por parcela. Foram avaliadas ao final do experimento concentrações de macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg e S) na massa seca da parte aérea. As concentrações de nitrogênio e fósforo na massa seca da parte aérea foram incrementadas com o aumento das doses de nitrogênio até a dose de 150 mg dm-3 do macronutriente aplicado ao solo. As concentrações de potássio, cálcio e enxofre na parte aérea das mudas foram maiores nas plantas do substrato com calagem e PK embora as plantas do substrato sem adubação mineral não emitiram sintomas visuais de deficiência de nenhum macronutriente . Dentre as doses, a mais eficiente foi 75 mg dm-3 de N.
Palavras chave: Dipteryx lacunifera Ducke, nutrição mineral, nutrientes


Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, M. G. et al. Avaliação dos parâmetros físicos e nutricionais de amêndoas de chichá, sapucaia e castanha-do-gurguéia. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 39, n. 04, p. 517-523, 2008.

CAVALCANTE, Í. H. L. et al. Seedling production of gurguéia nut (Dypterix lacunifera Ducke) I:

Seed germination and suitable substrates for seedlings. International Journal of Plant Production, Gorgan, v. 5, n. 04, p. 319-322, 2011.

FALCÃO NETO, R. et al. Características biométricas de mudas de castanha-do-gurguéia em função de calagem e NPK. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 42, n. 04, p. 940-949, 2011.

FRANCO, C. F. et al. Marcha de absorção dos micronutrientes para mudas de goiabeiras cultivares paluma e século XXI. Bragantia, Campinas, v. 67, n. 01, p. 83-90, 2008.

GLASS, A. D. M. Plant Nutrition. In: JONES, L. BERTLETT, A. An introduction to current concepts. Boston: Academic Press, 1989. p. 234-254.

GOMES, K. C. O. et al. Crescimento de mudas de garapa em resposta à calagem e ao fósforo. Revista Árvore, Viçosa, v. 32, n. 03, p. 387-394, 2008.

GONÇALVES, E. O. et al. Crescimento de mudas de angico-vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan) sob diferentes doses de macronutrientes. Revista Árvore, Viçosa, v. 32, n. 6, p. 1029-1040, 2008.

GUIMARÃES, A. R. C.; SOUZA, V. A. B.; VALE, E. de M. Estudo de quebra de dormência em sementes de castanheira-do-gurguéia (Dipteryx lacunifera DUCKE). In. XX CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 20., 2008, Vitória. Anais... Vitória: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2008. 1 CD-ROM.

MALAVOLTA, E. Elementos de nutrição mineral de plantas. 3. ed. São Paulo: Ceres, 1980. 251 p.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G.C.; OLIVEIRA, S.A. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. 2. ed. Piracicaba: Potafos, 1997. 319 p.

MARQUES, T. C. L. L. S. M. et al. Exigências nutricionais do paricá (Schizolobium amazonicum Herb.) na fase de muda. Revista Cerne, Lavras, v. 10, n. 02, p. 167-183, 2004.

MARSCHNER, H. Mineral nutrition of higher plants. 2. ed. Orlando: Academic Press, 2005. 889 p.

NOVAIS, R. F. et al. Ensaio em ambiente controlado. In: Métodos de pesquisa em fertilidade do solo. Brasília: EMBRAPA, 1991. p. 392. (EMBRAPA-SEA. Documentos, 3).

PAREDES, J. Q. et al. Formação de mudas de Mimosa tenuiflora. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 25., 1995, Viçosa. Anais... Viçosa: SBCS, 1995. p. 813-815.

PRADO, R. M. Nutrição de plantas. 1. ed. São Paulo: Editora UNESP, 2008. 116 p.

QUEIROGA NETO, V. et al. Dipteryx lacunifera seed oil: characterization and thermal stability. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 06, p. 1601-1607, 2009.

RAIJ, B. V. Fertilidade do solo e adubação. Piracicaba: Ceres/Potafos, 1991. 343 p.

RENÓ, N. B. et al. Limitações nutricionais ao crescimento inicial de quatro espécies arbóreas nativas em LATOSSOLO VERMELHO-AMARELO. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 32, n. 01 p. 17-25, 1997.

RIBEIRO, F.S.C.; SOUZA, V.A.B.; LOPES A.C.A. Diversidade genética em castanheira-do-gurgueia (Dipteryx lacunifera DUCKE) com base em características físicas e químico-nutricionais do fruto. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v. 34, n. 01, p. 190-199, 2012.

SERRANO, L. A. L.; CATTANEO, L. F.; FERREGUETTI, G. A. Adubo de liberação lenta na produção de mudas de mamoeiro. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v. 32, n. 03, p. 874-883, 2010.

VENTURIN, R.P.; BASTOS, A.R,R.; MENDONÇA, A.V.R.; CARVALHO, J.G. Efeito da relação Ca: Mg do corretivo no desenvolvimento e nutrição mineral de mudas de aroeira (Myracrodruon urundeuva Fr. All.). Cerne, Lavras, v. 1, n. 1, p. 30-39, 2000.

VIEIRA JÚNIOR, G. M. et al. Terpenos e ácidos graxos de Dipterix lacunifera Ducke. Química Nova, São Paulo, v. 30, n. 07 p. 1658-1662, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line