Doses de nitrogênio e de fósforo recomendadas para produção econômica de milho verde em Mossoró-RN

Gerônimo Ferreira da Silva, Fábio Henrique Tavares de Oliveira, Rodrigo Gomes Pereira, Talita Barbosa Abreu Diógenes, José Novo Júnior, Antonio Lisboa de Souza Filho

Resumo


Resumo: O nitrogênio (N) e o fósforo (P) geralmente são os dois nutrientes que ocorrem em menores teores no solo em relação à necessidade da planta e são os nutrientes mais exigidos pela cultura do milho. Objetivou-se definir a melhor combinação das doses de N e P associadas à máxima produção econômica do milho verde, assim como definir os níveis críticos desses nutrientes no solo e na planta, em um Argissolo Vermelho-Amarelo do município de Mossoró-RN. Foram aplicados 17 tratamentos, sendo 16 tratamentos resultantes da combinação entre quatro doses de N (30, 60, 90 e 120 kg ha-1) e de quatro doses de P2O5 (30, 60, 90 e 120 kg ha-1) e um tratamento controle (sem N e sem P). O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso com quatro repetições. As características avaliadas foram: número e peso total de espigas, número e peso de espigas empalhadas comercializáveis e número e peso de espigas despalhadas comercializáveis. A melhor combinação das doses de N e de P2O5 recomendadas para a produção de espigas verdes empalhadas comercializáveis e que proporcionam o maior retorno econômico é de 120 kg ha-1 de N combinado com 120 kg ha-1 de P2O5. Para produção de espigas verdes empalhadas comercializáveis, nas condições deste experimento, o nível crítico de N no solo é de 0,43 g kg-1, o nível crítico de P no solo é de 8,21 mg dm-3 e os níveis críticos de N e de P na folha são, respectivamente, de 17,17 g kg-1 e 1,54 g kg-1.

Palavras chave: Zea mays L., Adubação nitrogenada, Níveis críticos.


Texto completo:

PDF

Referências


ARCHANGELO, E. R. et al. Avaliação de cultivares de milho para a produção de milho verde na região de Palmas-TO. Revista Ciência Agroambiental, v. 2, n. 1, p. 1-8, 2007.

CARMO, M. S. et al. Doses e fontes de nitrogênio no desenvolvimento e produtividade da cultura de milho doce (Zea mays convar. Saccharata var. rugosa). Bioscience Journal, v. 28, Supplement 1, p. 223-231, 2012.

CAVALCANTI, F. J. A. C. (Coord.) Recomendações de adubação para o Estado de Pernambuco. 2ª aproximação. Recife: IPA, 1998, 198 p.

COMISSÃO ESTADUAL DE FERTILIDADE DO SOLO. Manual de adubação e calagem para o estado da Bahia. Salvador: CEPLAC; EMATERBA; EMBRAPA; EPABA; NITROFÉRTIL, 1989. 173 p.

DUETE, R. R. C. et al. Manejo da adubação nitrogenada e utilização do nitrogênio (15N) pelo milho em Latossolo Vermelho. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 32, n. 1, p. 161-171, 2008.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análises de solo. 2. ed. Rio de Janeiro: Embrapa, 1997. 212 p.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Rio de Janeiro: Embrapa SPI, 2009. 412 p.

FREIRE, F.M. et al. Produtividade

econômica e componentes da produção de espigas verdes de milho em função da adubação nitrogenada. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 9, n. 3, p. 213-222, 2010.

LUCENA, L. F. C. et al. Resposta do milho a diferentes dosagens de nitrogênio e fósforo aplicados ao solo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 4, n. 3, p. 334-337, 2000.

MALAVOLTA, E. Manual de nutrição mineral de plantas. São Paulo: Agronômica Ceres, 2006. 638 p.

MARTINEZ, H. E. P.; CARVALHO, J. G.; SOUZA, R. B. Diagnose foliar. In: RIBEIRO, A.C.; GUIMARÃES, P.T.G.; ALVAREZ, V.V.H. (Eds.). Recomendação para uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais: 5ª Aproximação. Viçosa: Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais, 1999. p.143-168.

OKUMURA, R. S; MARIANO, D. C.; ZACCHEO, P. V. C. Uso de fertilizante nitrogenado na cultura do milho: uma revisão. Revista Brasileira de Tecnologia Aplicada nas Ciências Agrárias, v. 4, n. 2, p. 226-244, 2011.

OLIVEIRA, F.H.T. et al. Amostragem para avaliação da fertilidade do solo em função do

instrumento de coleta das amostras e de tipos de preparo do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 31, n. 5, p. 973-983, 2007.

OLIVEIRA, J. M. S.; CAIRES, E. F. Adubação nitrogenada em cobertura para o milho cultivado após aveia preta no sistema plantio direto. Acta Scientiarum. Agronomy, v. 25, n. 2, p. 351-357, 2003.

PAIVA, M. R. F. C. et al. Doses de nitrogênio e de fósforo recomendadas para produção econômica de milho-verde na Chapada do Apodi-RN. Revista Caatinga, v. 25, n. 4, p. 1-10, 2012.

PINHO, L. et al. Qualidade de milho verde cultivado em sistemas de produção orgânico e convencional. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 7, n. 3, p. 279-290, 2008.

RAIJ, B. V. et al. Recomendações de adubação e calagem para o estado de São Paulo. 2ª ed. Campinas: Instituto Agronômico; Fundação IAC, 1997. 285 p. (Boletim Técnico, 100).

REBEQUI, A. M. et al. Crescimento e produção de maracujazeiro amarelo sob diferentes níveis e combinações de adubações nitrogenada e potássica no solo e foliar nas plantas. Magistra, v. 23, n.1-2, p.45-52, 2011.

RIBEIRO JÚNIOR, J. I. Análises estatísticas no SAEG. Viçosa: UFV, 2001. 301 p.

RIBEIRO, A. C.; GUIMARÃES, P. T. G.; ALVAREZ V., V. H. (Eds.). Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais. Viçosa: CFSEMG, 1999. 359 p.

RUFINO, C. A. et al. Desempenho de genótipos de milho submetidos ao déficit hídrico no estádio vegetativo. Magistra, Cruz das Almas, BA, v.24, n.3, p.217-225, 2012.

SANTOS, M.R. et al. Produção de milho-verde em resposta ao efeito residual da adubação orgânica do quiabeiro em cultivo subsequente. Revista Ceres, v. 58, n. 1, p. 77-83, 2011.

SILVA, P. S. L.; OLIVEIRA, F. H. T.; SILVA, P. I. B. Efeitos da aplicação de doses de nitrogênio e densidades de plantio sobre os rendimentos de espigas verdes e de grãos de milho. Horticultura Brasileira, v. 21, n. 3, p. 452-455, 2003.

SILVA, P. S. L.; SILVA, P. I. B. Parcelamento da adubação nitrogenada e rendimento de espigas verdes de milho. Horticultura Brasileira, v. 21, n. 2, p. 149-152, 2003.

SOUSA, D. M. G.; LOBATO, E. Cerrado: correção do solo e adubação. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2004. 416 p.

TEDESCO, M. J. et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. 2º ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 1995. 174 p. (Boletim Técnico, 5).

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ. Recomendações de adubação e calagem para

o estado do Ceará. Fortaleza: UFC, 1993. 247 p.

VALDERRAMA, M. et al. Fontes e doses de NPK em milho irrigado sob plantio direto. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 41, n. 2, p. 254-263, 2011.

VELOSO, M. E. C. et al. Doses de nitrogênio na cultura do milho, em solos de várzea, sob sistemas de drenagem subterrânea. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 5, n. 3, p. 382-394, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line