Cruzabilidade e variabilidade genética em caracteres de sementes de pimentas amazônicas

Silfran Alves Rogério Marialva, Maria Teresa Gomes Lopes, Mágno Sávio Ferreira Valente, Edvan Alves Chagas

Resumo


Resumo: O objetivo deste trabalho foi investigar a compatibilidade de diferentes morfotipos de pimenta, integradas ao Banco de Germoplasma da Universidade Federal do Amazonas, em cruzamentos interespecíficos com pimentão, além de avaliar a variabilidade genética para caracteres de germinação em sementes das subamostras em estudo. Sementes de trinta subamostras de Capsicum chinense, prospectadas no estado do Amazonas, foram analisadas em laboratório para caracteres de germinação e peso de sementes. Para realização do teste de germinação foi empregado o delineamento inteiramente casualizado, com 8 repetições e 25 sementes por parcela. Enquanto que a compatibilidade destas subamostras em cruzamento com Capsicum annuum (genitor feminino) foi realizada em casa de vegetação, a partir de três repetições e 30 flores por parcelas, avaliando-se o vingamento de frutos. As subamostras de pimenta apresentaram variabilidade genética significativa para todos os caracteres de germinação. A porcentagem média de sementes germinadas foi de 55,55%, variou de 5 a 95%, com tempo médio de germinação de 10,68 dias e peso médio de cem sementes de 0,27 g. Os altos valores de herdabilidade (>80%), assim como a presença de altas correlações no sentido favorável a seleção, entre todos os caracteres, possibilita ganhos genéticos consideráveis a partir da seleção fenotípica. Todos os cruzamentos interespecíficos realizados produziram frutos, com taxas de vingamento variando de 5,9% a 42,2% entre as subamostras. Todavia, não houve correlação entre o morfotipo utilizado com a taxa de vigamento dos frutos.

 Palavras chave: Capsicum ssp., Parâmetros genéticos, Compatibilidade.

 


Texto completo:

PDF

Referências


Bosland, P. W. (1992). Chiles: a diverse crop. HortTechnology, 2 (1), 7-10.

Brasil. (2009). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes (399 p). Brasília: MAPA/ACS.

Carvalho, F. I. F., Lorencetti, C., & Benin, G. (2004). Estimativas e implicações da correlação no melhoramento vegetal (142 p). Pelotas: Editora Universitária da UFPel.

Costa, L. V., Lopes, R., Lopes, M. T. G., Figueiredo, A. F. F., Barros, W. S., & Alves, S. R. M. (2009). Cross compatibility of domesticated hot pepper and cultivated sweet pepper. Crop Breeding and Applied Biotechnology, 9 (1), 37-44.

Costa, L. V., Bentes, J. L. S., Lopes, M. T. G., Alves, S. R. M., & Viana Jr., J. M. (2015). Caracterização morfológica de acessos de pimentas do Amazonas. Horticultura Brasileira, 33 (3), 290-298.

Cruz, C. D. (2013). Genes - a software package for analysis in experimental statistics and quantitative genetics. Acta Scientiarum, 35 (3), 271-276.

Cruz, C. D, Carneiro, P. C. S., & Regazzi, A. J. (2014). Modelos biométricos aplicados ao melhoramento genético- (v 2, 3 ed., 668 p). Viçosa: Editora UFV.

Debbarama, C, Khanna, V. K., Tyagi, W., Rai, M., & Meetei, N. T. (2013). Wide hybridization and embryo-rescue for crop improvement in Capsicum. Agrotechnology, 11 (3), 1-6.

Eggink, P. M., Tikunov, Y., Maliepaard, C., Haanstra, J. P. W., Rooij, H., Vogelaar, A., Gutteling, E. W., Freymark, G., Bovy, A. G., & Visser, R. G. F. (2014). Capturing flavors from Capsicum baccatum by introgression in sweet pepper. Theoretical and applied genetics, 127 (2), 373-390.

Fialho, G. S., Silva, C. A., Dias, D. C. F. S., Alvarenga, E. M., & Barros, W. S. (2010). Osmocondicionamento em sementes de pimenta 'amarela comprida' (Capsicum annuum L.) submetidas à deterioração controlada. Ciência e Agrotecnologia, 34 (3), 646-652.

George, R. A. T. (2009). Vegetable seed production. (3 ed., 320p). Wallingford: CABI Publishing.

Ginwal, H. S., & Gera, M. (2000). Genetic variation in seed germination and growth performance of 12 Acacia nilotica provenances in India. Journal of Tropical Forest Science, 12 (2), 286-97.

Mengarda, L. H. G., & Lopes, J. C. (2012). Qualidade de sementes e desenvolvimento inicial de plântulas de pimenta malagueta e sua relação com a posição de coleta de frutos. Revista brasileira de sementes, 34 (4), 644-650.

Moreira, G. R. M., Caliman, F. R. B., Silva, D. J. H., & Ribeiro, C. S. C. (2006). Espécies e variedades de pimenta. Informe Agropecuário, 27 (235), 16-29.

Nascimento, M. F., Rêgo, E. R., Rêgo, M. M., Nascimento, N. F. F., & Araújo, E. R. (2011). Vigor e germinação de sementes híbridas de pimenteiras ornamentais. Ornamental Horticulture, 17 (1), 51-56.

Nascimento, N. F. F., Rêgo, E. R., Rêgo, M. M., Nascimento, M. F., & Alves, L. Í. F. (2012). Compatibilidade em cruzamentos intra e interespecíficos em pimenteiras ornamentais. Revista Brasileira de Horticultura Ornamental, 18 (1), 57-61.

Nascimento Jr., L. G. L., Lopes, M. T. G., Valente, M. S. F., Martins, C. C., Colares, C. R. B., & Lima Jr., M. J. V. (2016). Estimativa de parâmetros genéticos em sementes de caroba. Revista de Ciências Agrarias, 59 (4), 311-319.

Pereira, B. W. F., Santos, P. C. M., Silva, D. E. M., França, S. K. S., Silva, D. B., Luz, L. M., Monteiro, T. M. A., & Freitas, J. M. N. (2008). Comportamento germinativo de sementes de pimenta de cheiro com o uso do teste de envelhecimento acelerado. Horticultura Brasileira, 26 (2), S2014-S2018.

Raij, V. B., Cantarella, H., Quagio, J. A., & Furlani, A. M. C. (1997). Recomendação de adubação e calagem para o Estado de São Paulo (285p). Campinas: Instituto Agronômico/Fundação IAC.

Rêgo, E. R., Rêgo, M. M., Cruz, C. D., Finger, F. L., & Casali, V. W. D. (2011a). Phenotypic diversity, correlation and importance of variables for fruit quality and yield traits in Brazilian peppers (Capsicum baccatum). Genetic Resources and Crop Evolution, 58 (6), 909-918.

Rêgo, E. R., Finger, F., & Rêgo, M. M. (2011b). Produção, Genética e Melhoramento de Pimentas (Capsicum spp.) (223 p.). Recife: Editora Imprima.

Ribeiro, C. S. C., & Melo, R. A. C. (2005). Hibridação interespecífica entre Capsicum annuum e Capsicum chinense visando resistência à Phytophthora capsici. Anais do Congresso Brasileiro de Olericultura, Fortaleza, CE, 45. Recuperado em 10 junho, 2018, de http://www.abhorticultura.com.br/biblioteca/arquivos/Download/Biblioteca/45_0379.pdf

Souza, V. A. B. (1987). Viabilidade no cruzamento entre Capsicum annuum e Capsicum chinense Jacq. (100f). Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, Brasil.

Subramanya, R. (1983). Transfer of genes for multiple flowers from C. chinense to C. annuum. Hortscience, 18 (5), 747-49.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line