Substratos orgânicos na produção de mudas do mamoeiro havaí

Sammy Sidney Rocha Matias, Euvaldo de Sousa Costa Junior Sousa Costa Junior, Denise Batista de Morais Batista Morais, Roberto Lustosa Silva Lustosa Silva, Samara Jacobina de Carvalho Sousa Jacobina Sousa

Resumo


Resumo: O uso do substrato ideal e na proporção adequada permite a produção de mudas frutíferas mais saudáveis. O trabalho teve como objetivo avaliar a viabilidade do caule decomposto de buriti (CDB) misturado ao solo, na formação de mudas de mamoeiro Havaí. O experimento foi conduzido na Universidade Estadual do Piauí. Adotou-se o delineamento inteiramente casualizado (DIC), constando de 5 substratos e 6 repetições. Como tratamento foram utilizadas diferentes porcentagens de caule decomposto de buriti (CDB) misturado ao solo e esterco bovino, distribuídos da seguinte forma: S1: 100 % de solo e esterco bovino (1:1); S2: 80 % de solo e esterco bovino (1:1) + 20 % CDB; S3: 60 % de solo e esterco bovino (1:1) + 40 % CDB; S4: 40 % de solo e esterco bovino (1:1) + 60 % CDB e S5: 20 % de solo e esterco bovino (1:1) + 80 % CDB. As variáveis analisadas foram: altura de plântula, diâmetro do caule, relação altura de planta/diâmetro do caule, comprimento radicular, número de folhas, área foliar total, matéria fresca total, matéria seca da parte aérea, radicular e matéria seca total, a relação matéria seca da parte aérea/matéria seca de raiz e índice de qualidade de Dickson. O CDB pode ser usado na composição do substrato para produção de mudas do mamoeiro Havaí na proporção de 20 % de CDB e 80 % de solo e esterco bovino 1:1.

Palavras chave: Solo, Carica papaya, Crescimento.


Texto completo:

PDF

Referências


Albano, F.G., Marques, A.S., & Cavalcante, Í.H.L. (2014). Substrato alternativo para produção de mudas de mamoeiro formosa (cv. Caliman). Científica, 42 (4), 388–395. DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2014v42n4p388-395

Almeida, M.O., Cruz, M.C.M., Castro, G.D.M., & Fagundes, M.C.P. (2014). Crescimento e absorção de nutrientes por mudas de maracujazeiro-amarelo em substratos orgânico e comercial e adubação nitrogenada. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, 9 (2) 180-185. Recuperado de 10.5039/agraria.v9i2a3593

Araújo, A.C., Araújo, A.C., Dantas, M.K.L., Pereira, W.E., & Aloufa, M.I. (2013). Utilização de substratos orgânicos na produção de mudas de mamoeiro Formosa. Revista Brasileira de Agroecologia, 8 (1), 210-216.

Brissette, J.C. (1984). Summary of discussion about seedling quality. Proceedings Southern Nursery Conferences (pp.127- 128). Alexandria, New Orleans: USDA.

Carneiro, J.G.A. (1995). Produção e controle de qualidade de mudas florestais (451p). Curitiba: UFPR/FUPEF; Campos: UENF.

Cavalcante, Í.H.L., Petter, F.A., Albano, F. G., Silva, R. R. S., & Silva Jr., G. B. (2012). Biochar no substrato para produção de mudas de maracujazeiro amarelo. Revista de la Facultad de Agronomía, 111 (1), 41-47.

Costa Jr., & Sousa, E. et al. (2017). Produção de mudas de Carica papaya, tipo formosa, com resíduos de pau de buriti (Mauritia flexuosa L.f.). Revista de Ciências Agrárias, Lisboa, 40 (4), 746-755. DOI: http://dx.doi.org/10.19084/RCA16152

Dantas, L.L.G.R., Leite, G.A., Tosta, M.S., Góes G.B., Tosta, P. A. F., & Maracajá, P. B. (2012). Esterco bovino no desenvolvimento inicial de maracujazeiro-amarelo. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, 7 (4), 101-107.

Donagema, G.K., Campos, D.V.B., Calderano, S.B., Teixeira, W. G., & Viana, J.H.M. (2011). Manual de métodos de análise de solos (2ed, 230p). Rio de Janeiro, RJ: Embrapa Solos.

Dickson, A., Leaf, A.L., & Hosner, J.F. (1960). Quality appraisal of white spruce and white pine seedling stock in nurseries. The Forestry Chronicle, 36 (1), 10-13. DOI: https://doi.org/10.5558/tfc36010-1

Food and Agriculture Organization of the United Nations. (2018). Statistics Division. Recuperado em 11, fevereiro, 2019 de http://faostat3.fao.org/home/e.

Freire, A.L.O., Ramos, F.R., Gomes, A.D.V., Santos, A. S., & Arriel, E.F. (2015). Crescimento de mudas de Craibeira (Tabebuia aurea (Manso) Benth. & Hook) em diferentes substratos. Agropecuária Científica no Semiárido, 11 (03), 38-45. DOI: http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v11i3.639.

Melo, D.A., Araújo, T.P.P., Santos, N.P.S., Bandeira, L.B., & Silva, L.C. (2015, maio). Crescimento inicial de mudas de gliricidia produzidas em diferentes substratos. Anais do Congresso Nacional de Meio Ambiente de Poços de Caldas. Poços de Caldas, MG, Brasil, 12.

Mesquita, E.F., Chaves, L.H.G., Freitas, B.V., Silva, G.A., Sousa, M.V.R., & Andrade, R. (2012). Produção de mudas de mamoeiro em função de substratos contendo esterco bovino e volumes de recipientes. Revista Brasileira Ciências Agrárias, 7 (1), 58-65. DOI: 10.5039/agraria.v7i1a1448

Paixão, M. V. S., Schmildt, E. R., Mattiello, H. N., Ferreguetti, G. A., & Alexandre, R. S. (2012). Frações orgânicas e mineral na produção de mudas de mamoeiro. Revista Brasileira de Fruticultura, 34 (4), 1105-1112. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/rbf/v34n4/18.pdf.

Parviainen, J.V. (1981). Qualidade e avaliação de qualidade de mudas florestais. Anais do Seminário de Sementes e Viveiros Florestais (pp.59-90). Curitiba: FUPEF, 1.

Santana, C.T.C., Santi, A., Dallacort, R., Santos, M. L., & Menezes, C.B. (2012). Desempenho de cultivares de alface americana em resposta a diferentes doses de torta de filtro. Revista Ciência Agronômica, 43 (1), 22-29.

Santos, H.G., Jacomine, P.K.T.; Anjos, L.H.C., Oliveira, V. A., Lumbreras, J. F., Coelho, M. R., Almeida, J. A., Cunha, T. J. F., & Oliveira, J.B. (2013). Sistema Brasileiro de Classificação de Solos (353p). Brasília: Embrapa.

Systat Software Inc. (2011). SigmaPlot: For Windows (CD ROM) (Versão 12.0) [Programa de computador]. San Jose, USA: Systat Software.

Silva, F. A. S., & Azevedo, C. A. V. (2016). The Assistat and its use in the analysis of experimental data (Version 7.7) [Software]. African Journal of Agricultural Research, 11 (39), 3733-3740. Recuperado de 10.5897/AJAR2016.11522

Silva, F.C., Alves, F.Q.G., Alves, F.G., Resende, J. C. F., & Cunha, L. M. V. (2011). Qualidade de mudas de mamoeiro utilizando diferentes substratos comerciais e orgânicos. Resumos expandidos do VII Congresso Brasileiro de Agroecologia. Cadernos de Agroecologia, Fortaleza, 6 (2).

Silva Jr., J. V., Beckmann-Cavalcante, M.Z., Brito, L. P. S., Avelino, R. C., & Cavalcante, Í. H. L. (2014). Aproveitamento de materiais alternativos na produção de mudas de tomateiro sob adubação foliar. Revista Ciência Agronômica, 45 (3), 528-536.

Silva-Matos, R.R.S., Silva Jr., G.B., Marques, A.S., Monteiro, M.L., Cavalcante, I. H. L., & Osajima, J. A. (2016). New organic substrates and boron fertilizing for production of yellow passion fruit seedlings. Archives of Agronomy and Soil Science, 62 (3), 445-455. Recuperado de 10.1080 / 03650340.2015.1050000

Silva, M. R. R., Bertolaia, M. C., Vanzela, L. S., & Vazquez, G.H. (2017). Fosfogesso no crescimento de mudas de mamão. Cultura Agronômica, 26 (1), 42-52.

Sousa, W.C, Nóbrega, R. S. A, Nóbrega, J. C. A, Brito, R. S., & Moreira, F. M. S. (2013) Fontes de nitrogênio e caule decomposto de Mauritia flexuosa na nodulação e crescimento de Enterolobium contortsiliquum. Revista Árvore, 37 (5), 969-979


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line