Seleção de acessos promissores de feijão-fava na Baixada Fluminense, RJ, por meio de descritores morfoagronômicos

Tiago Pinho Souza, Antônio Carlos de Souza Abboud, Anelise Dias, Bruna Santos Silva

Resumo


Resumo: Phaseolus lunatus L., conhecido popularmente como feijão-fava, é uma leguminosa de grande importância nos estados do Nordeste brasileiro. É utilizada como fonte de proteína e geração de renda pelos agricultores familiares. Tem como características marcantes tolerância ao déficit hídrico e a temperaturas elevadas. A maioria das variedades apresenta hábito de crescimento indeterminado. O objetivo desse trabalho foi caracterizar 10 acessos de feijão-fava (G1, G3, G5, G6, G7, G8, G9, G10, G12 e G13) da coleção de germoplasma da UFRRJ, por meio de 34 descritores morfoagronômicos da espécie. O plantio (“outono – inverno”), ocorreu em sistema de espaldeira vertical, em um delineamento em blocos casualisados, com 4 repetições. Foi realizada uma análise de agrupamento para as variáveis quantitativas, submetidas ao método de agrupamento Ward e distância Euclidiana. Os programas estatísticos utilizados foram o Sisvar 5.6 e BioEstat 5.0. Pelo dendrograma observou-se a formação de um grupo com apenas o acesso G9, caracterizado por sementes grandes, elípticas e achatadas; um segundo grupo com apenas o acesso G5, caracterizado pela forma das sementes em oblongas; e um grande agrupamento das sementes pequenas, com o formato esférico, formado pelos acessos G1, G10, G6, G7, G13, G3, G12 e G8. Dois dos acessos (G8 e G9) são promissores em ganhos com produtividade, que permitirá aprofundar estudos fito-técnicos como época e densidade de plantio em cultivos solteiros ou em consórcio. Foi possível agrupar as sementes pela forma, perfil e tamanho.

Palavras chave: Phaseolus lunatus L., Caracterização, Produção.


Texto completo:

PDF

Referências


Ayres M., Ayres Jr. M., Ayres D. L., & Santos A.S. (2007). Bioestat 5.0: Aplicações estatísticas nas áreas das ciências biomédicas (364p). , Belém, PA: ONG Mamiraua.

Banzatto, D. A., & Kronka, S. N. (2008). Experimentação Agrícola. (4 ed., 237 p). Jaboticabal: FUNEP.

Barreiro Neto, M., Fagundes, R. A. A., Barbosa, M. M.. Arriel, N. H. C., Franco, C. F. O. & Santos, J. F. (2017). Características morfológicas e produtivas em acessos de feijão-fava consorciados. Tecnologia & Ciência Agropecuária, João Pessoa, 9 (3), 23-27. Recuperado de http://revistatca.pb.gov.br.

Cargnelutti Filho, A., Ribeiro, N. D., & Burin, C. (2010). Consistência do padrão de agrupamento de cultivares de feijão conforme medidas de dissimilaridade e métodos de agrupamento. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, 45 (3), 236-243. Recuperado de www.scielo.br/pdf/pab/v45n3/v45n3a02.pdf

Diegues, I. P. (2014). Diversidade genética entre acessos de feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) mensurada via caracteres morfoagronômicos e marcadores ISSR. (61f). Dissertação de Mestrado, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, Brasil.

Ferreira, D. F. (1998). Sisvar sistema de análise de variância para dados balanceados (19p).. Lavras: UFLA.

Guimarães, W. N. R., Martins, L. S. S., Silva, E.

F., Ferraz, G. M. G., & Oliveira, F. J. (2007). Caracterização morfológica e molecular de acessos de feijão-fava (Phaseolus lunatus L.). Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, 11 (1), 37–45. Recuperado de http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662007000100005.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2012). Produção Agrícola Municipal: Culturas Temporárias e Permanentes (v. 39, pp.1-101). Rio de Janeiro: IBGE. Recuperado de https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/66/pam_2014_v41_br.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2013). Produção Agrícola Municipal: Culturas Temporárias e Permanentes (v. 40, pp.1-102). Rio de Janeiro: IBGE. Recuperado de https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/66/pam_2014_v41_br.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2016). Produção Agrícola Municipal: Culturas Temporárias e Permanentes (v.43, pp. 1-62). Rio de Janeiro: IBGE. Recuperado de https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/66/pam_2014_v41_br.pdf

International Plant Genetic Resources Institute. (2001). Descritores para Phaseolus lunatus (Feijão-espadinho). Rome: IPGRI. Recuperado de https://www.bioversityinternational.org

Nobre, D. A. C., Brandão Jr., D. S. B., Nobre, E. C., Santos, J. M. C., Miranda, D. G. S., & Alves, L. P. (2012). Qualidade física, fisiológica e morfologia externa de sementes de dez variedades de feijão-fava (Phaseolus lunatus L.). Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, 10 (4), 425-429. Recuperado de http://www.ufrgs.br/seerbio/ojs/index.php/rbb/article/view/2220

Oliveira, A.P., Alves, E. U., Alves, A. U., Dornelas, C. S. M., Silva, J. A., Porto, M. L., & Alves, A.V. (2004). Produção de feijão-fava em função do uso de doses de fósforo em um Neossolo Regolítico. Horticultura Brasileira, Brasília, 22 (3), 543-546. Recuperado de http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362004000300008

Oliveira, F. N., Torres, S.B., & Bebedito, C.P. (2011). Caracterização botânica e agronômica de acessos de feijão-fava, em Mossoró, RN. Revista Caatinga, 24 (1), 143-148. Recuperado de https://periodicos.ufersa.edu.br/index.php/caatinga/article/view/1936

Santos, D., Corlett, F. M. F., Mendes, J. E. M. F., & Wanderley Jr., J. S. A. W. (2002). Produtividade e morfologia de vagens e sementes de variedades de fava no Estado da Paraíba. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, 37 (10), 1407-1412. Recuperado de www.scielo.br/pdf/pab/v37n10/13219.pdf

Silva, P. S. L., & Freitas, C. J. (1996) Rendimentos de grãos verdes de milho e caupi em cultivos puros e consorciados. Revista Ceres, Viçosa, 43 (245), 28-38. Recuperado de http://www.ceres.ufv.br/ojs/index.php/ceres/article/view/2300/328

Silva, V. B., Gomes, R. L. F., Lopes, A. C. A., Dias, C. T. S., & Silva, R. N. O. (2015) Diversidade genética e indicação de cruzamentos promissores entre acesos de feijão-fava (Phaseolus lunatus). Semina: Ciências Agrárias, 36 (2), 683-692. DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n2p683

Soares, C. A. et al. (2010). Aspectos socioeconômicos. In: Lopes, A. C. A., Gomes, R. L. F., & Araújo, A. S. F. A cultura do feijão-fava no Meio Norte do Brasil (Cap. 12, pp. 237-268). Teresina: EDUFPI.

Vieira, R. F. (1992). A cultura do feijão-fava. (Informe Agropecuário, n. 174, p p.30-37). Belo Horizonte: EPAMIG.

Vilhordo, B. W. et al. (1996). Morfologia. In: Araújo, R. S., Rava, C. A., Stone, L. F., & Zimmerman, M.J.O. (Coord.). Cultura do feijoeiro comum no Brasil (Cap. 4, pp. 71-99). Piracicaba: Potafos.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line