Enraizadores alternativos na propagação vegetativa de pitaya

Manuela Cristine Binsfeld, Natália Teixeira Schwab, Vanderlei Both, Paola Ana Buffon, Airton Führ, Jonatas Catapan Rampazzo, Miriane Dal Picio

Resumo


Resumo: Até pouco tempo a pitaya (Hylocereus undatus Haw) era uma frutífera pouco conhecida, porém, tem apresentado destaque no nicho de frutas exóticas, frequentemente disponível nas gôndolas dos supermercados brasileiros. É uma planta perene que pode ser propagada através de estacas e o uso de enraizadores é indicado para o melhor desenvolvimento do sistema radicular e, consequentemente, para a obtenção de mudas de qualidade. Assim, pesquisas acerca da produção de mudas dessa frutífera são fundamentais, a fim de viabilizar a sua implantação em pequenas propriedades rurais, visto que atualmente as mudas são comercializadas por altos preços, o que torna onerosa a implantação da cultura em média e larga escala. O objetivo do trabalho foi testar o uso de enraizadores alternativos na propagação de pitaya por meio de estacas, observando as seguintes características: comprimento da raiz (CR), massa seca de raízes (MSR), massa fresca de raízes (MFR), ganho de massa de cladódios (GM), razão parte aérea/raiz (RPAR). Para isso foram utilizados seguintes enraizadores: testemunha (sem aplicação); extrato de Cyperus rotundus L.; extrato de algas marinhas (Algon®) e ácido indolbutírico (AIB) 3000 mg L-1, aplicados em estacas padronizadas a 25 cm de comprimento. A avaliação das características foi realizada 45 dias após os tratamentos e plantio das estacas. Os resultados encontrados indicaram o extrato de C. rotundus não apresenta efeito positivo sobre a propagação por estacas em Pitaya, e o extrato de algas é eficiente para o enraizamento dessa planta, não diferindo do AIB, sendo o extrato mais acessível economicamente e de fácil aplicação.

Palavras chave: Hylocereus undatus Haw, Extrato de Cyperus rotundus L., Extrato de algas marinhas.

 

 


Texto completo:

PDF

Referências


Bastos, D.C., Pio, R., Scarpe Filho, J. A., Libardi, M.N., Almeida, L.F.P., Galuchi, T.P. D., & Bakker, S.T. (2006). Propagação de pitaya ‘vermelha’ por estaquia. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, 30 (60), 1106-1109. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542006000600009

BerticellI, E., & Nunes, J. (2009). Avaliação da eficiência do uso de enraizador na cultura do milho. Cultivando o saber, 2 (1), 53-61.

Cardoso, C., Yamamoto, L. Y., Preti, E. A., Assis, A. M., Neves, C. S. V. J., & Roberto, S. R. (2011). AIB e substratos no enraizamento de estacas de pessegueiro ‘Okinawa’ coletadas no outono. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, 32 (4), 1307-1314. DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2011v32n4p1307"

Cargnelutti Filho, A., Maluf, J. R. T., & Matzenauer, R. (2008). Coordenadas geográficas na estimativa das temperaturas máxima e média decendiais do ar no Estado do Rio Grande do Sul. Ciência Rural, Santa Maria, 38 (9), 2448-2456.

Costa, A. C., Ramos, J. D., Silva, F. O. R., & Duarte, M. H. (2014). Flowering and fructification in different types of cladodes red pitaya in Lavras-MG. Revista Brasileira De Fruticultura, Jaboticabal, 36 (1), 279-284. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0100-2945-304/13

Craigie, J. S. (2011). Seaweed extract stimuli in plant science and agriculture. Journal of Applied Phycology, 23 (3), 371–393. DOI: http://dx.doi.org/10.1007/s10811-010-9560-4

Dasaesamoh, R., Youravong, W., & Wichienchot, S. (2016). Digestibility, fecal fermentation and anti-cancer of dragon fruit oligosaccharides. International Food Research Journal, 23 (6), 2581-2587.

Dias, J. R. M., Silva, E. D.A., Gonçalves, G. S., Silva, J. F., Souza, E. F. M., Ferreira, E., & Stachiw, R. (2012). Enraizamento de estacas de cafeeiro imersas em extrato aquoso de tiririca. Coffee Science, Lavras, 7 (3), 259-266.DOI: http://dx.doi.org/10.25186/cs.v7i3.358

Fachinello, J. C., Hoffmann, A., & Nachtigal, J. C. (2005). Propagação de plantas frutíferas. Brasília: Embrapa Informações Tecnológicas, 2, 69-109.

Ferreira, D. F. (2011). Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, 35 (6), 1039-1042.

Fischer, D.L. O., Fachinello, J. C., Antunes, L. E. C., Tomaz, Z.F.P., & Giacobbo, C.L. (2008). Efeito do ácido indolbutírico e da cultivar no enraizamento de estacas lenhosas de mirtilo. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, 30 (2), 285-289.

Gomes, E. N., Vieira, L. M., Tomasi, J. C., Tomazzoli, M.M., Grunennvaldt, R.N., Fagundes, C. M., & Machado, R. C. B. (2018). Extrato de alga marinha estimula o enraizamento e crescimento radicial em estacas caulinares de Passiflora actinia Hook. Ornamental Horticulture, 24 (3), 269-276.DOI: http://dx.doi.org/10.14295/oh.v24i3.1221

Jayaraj, J., Wan, A., Rahman, M., & Punja, Z. K. (2008) Seaweed extract reduces foliar fungal diseases on carrot, Department of Biological Sciences. Simon Fraser University, 5. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/j.cropro.2008.05.005

Kuinchtner, A., & Buriol, G. A. (2001). Clima do Estado do Rio Grande do Sul segundo a classificação climática de Köeppen e Thornthwaite. Disciplinarum Scientia, 2 (1), 171-182.

Lima, D. M., Biasi, L.A. Zanette, F., Zuffellato-ribas, K.C., Bona, C., & Mayer, J.L.S (2011). Capacidade de enraizamento de estacas de Maytenus muelleri Schwacke com a aplicação de ácido indol butírico relacionada aos aspectos anatômicos. Revista Brasileira de Plantas Medicinais. Botucatu, 13 (4), 422-438. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722011000400008

Marques, V. B., Moreira, R. A., Ramos, J. D., Araújo, N. A., & Cruz M. do C. M. (2012). Porções de cladódios e substratos na produção de mudas de pitaia vermelha. Semina: Ciências Agrárias, 5 (17), 193-197.

Meira, M. R., Manganotti, A.S., Alvarenga, I.C.A., Pinto, V.B., Melo, M.T.P., Martins, J.R., Martins, E. R., & Figueiredo, L.S. (2010). Avaliação do extrato aquoso do tubérculo da tiririca (Cyperus rotundus) na propagação vegetativa de Cordia verbenaceae e Lippia sidoides. Horticultura brasileira, 28 (2), 2483 – 3488.

Mizrahi, Y. (2014). Vine-cacti pitayas: the new crops of the world. Revista Brasileira de Fruticultura, 36 (1), 124-138. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0100-2945-452/13

Moreira, G. C., & Giglio, L. C. (2012). Uso de extrato de tiririca em sementes de milho e trigo. Cultivando o Saber, Cascavel, 5 (3), 89-99.

Nunes, E. N., Sousa, A. S. B., Lucena, C. M., Silvam S. M., Lucena, R. F. P., Alves, C. A. B., & Alves, R. E. (2014). Pitaia (Hylocereus sp.): Uma revisão para o Brasil. Gaia Scientia, 8 (1), 90-98.

Pivetta, K.F.L., Pedrinho, D. R., Fávero S., Batista G. S., & Mazzini R. B. (2012). Época de coleta e ácido indolbutírico no enraizamento de estacas de espirradeira (Nerium oleander L.). Revista Árvore, 36 (1), 17-23. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622012000100003

Pontes, F. S. T, Almeida E. I. B, Barroso, M. M. A., Cajazeira, J. P., & Corrêa, M. C. M. (2014). Comprimento de estacas e concentrações de ácido indolbutírico (AIB) na propagação vegetativa de pitaia. Revista Ciência Agronômica, 45 (4), 788-793.

Radmann, E. B., Feijó, A. R., Goulart, R. C., Fischer, D. L. O., & Bianchi, V. J. (2014). Interação entre o genótipo e AIB no enraizamento de estacas semilenhosas de porta-enxertos de pessegueiro. Nativa, 2 (4), 129-133. DOI: http://dx.doi.org/10.14583/2318-7670.v02n04a08

Rathore, S. S., Chaudhary, D. R., Boricha, G. N., Ghosh, A., Bhatt, B. P., Zodape, S. T., & Patolia, J. S. (2009). Effect of seaweed extract on the growth, yield and nutrient uptake of soybean (Glycine max) under rainfed conditions. South African Journal of Botany, 75, 351–355.

Rezende, F.P.F., Zuffellato-ribas, K. C., & Koehler, H.S. (2013). Aplicação de extratos de folhas e tubérculos de Cyperus rotundus L. e de auxinas sintéticas na estaquia caulinar de Duranta repens L. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, 15 (4), 639-645. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722013000500003

Santos C.M.G., Cerqueira R.C., Fernandez L.M.S., Dourado, F.W.N., & Ono, E.O. (2010). Substratos e regulador vegetal no enraizamento de estacas de pitaya. Revista. Ciência Agronômica, Fortaleza, 41 (4), 625-629.

Scariot E, Bonome, L. T. S., Bittencourt, H. von H., & Lima, C. S. M. (2017). Extrato aquoso de Cyperus rotundus no enraizamento de estacas lenhosas de Prunus persica cv. ‘Chimarrita’. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, 16 (2), 195-200. DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2238117116220

Sousa, T.P., Moreira, E.A. S., Nascimento, I. O., Catunda P.H. A., & Bezerra G. A. (2011). Efeitos de substâncias alternativas na propagação da Malpighia emarginata D.C. pelo método da estaquia. Cadernos de Agroecologia, 6 (2).

Souza, M. F., Pereira, E. O., Martins, M. Q., Coelho, R. I., & Pereira Jr., O. S., (2012). Efeito do extrato de Cyperus rotundus na rizogênese. Revista de Ciências Agrárias, Lisboa, 35 (1), 157-162.

Vernier, R.M., & Cardoso, S.B. (2013). Influência do ácido indol-butírico no enraizamento de estacas em espécies frutíferas e ornamentais. Revista Eletrônica de Educação e Ciência, 3 (2), 11-16.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line