Biometria e qualidade fisiológica inter-específica de duas espécies de araticunzeiro do Cerrado

Arthur Barbosa Vieira, Givago Coutinho, Kelly Cristiene de Freitas Borges

Resumo


Resumo: O Cerrado brasileiro apresenta uma rica biodiversidade e espécies com grande potencial para exploração comercial. Dentre as espécies frutíferas estão às plantas do gênero Annona conhecidas popularmente como araticunzeiro. Contudo, informações sobre manejo e produção racionais são necessárias, carecendo de informações que proporcionem formas de cultivo mais sustentáveis. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a dose ideal de tetrazólio na determinação de viabilidade da semente de duas espécies de araticunzeiro do Cerrado e avaliar as características biométricas das sementes de cada espécie. O trabalho foi dividido em duas etapas, onde na primeira etapa foi feita a quebra de dormência na solução de 2 g L-1 de GA3 por litro de solução e na segunda as sementes foram submetidas a imersão em solução de tetrazólio. O trabalho foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com duas espécies e quatro doses (0,25; 0,50; 0,75 e 1%) de sal de tetrazólio. Conclui-se que o teste de tetrazólio pode ser utilizado na avaliação da qualidade fisiológica de sementes de araticunzeiro, além disso, as sementes de A. coriacea apresentaram maior relação tamanho/largura quando comparadas às sementes de A. crassiflora.

Palavras chave: Annona crassiflora Mart., Anonna coriacea Mart., Viabilidade de sementes.

 


Texto completo:

PDF

Referências


Arruda, M. H. M., Meneghello, G. E., Vieira, J. F., & Gadotti, G. I. (2016). Qualidade fisiológica de lotes de sementes de soja com diferentes percentuais de sementes esverdeadas. Magistra, 28 (2), 194-200.

Borges, K. C. F., Santana, D. G., Melo, B., & Santos, C. M. (2010). Rendimento de polpa e morfometria de frutos e sementes de pitangueira-do-Cerrado. Revista Brasileira de Fruticultura, 32 (2), 471-478.

Braga Filho, J. R., Veloso, V. R. S., Naves, R. V., Nascimento, J. L., & Chaves, L. J. (2007). Danos causados por insetos em frutos e sementes de Araticum (Annona crassiflora MART., 1841) no Cerrado de Goiás. Bioscience Journal, 23 (4), 21-28.

Costa, C. J., & Santos, C. P. (2010). Teste de tetrazólio em sementes de leucena. Revista Brasileira de Sementes, 32 (2), 066-072.

Ferreira, D. F. (2011). Sisvar: um sistema computacional de análise estatística. Ciência e Agrotecnologia, 35 (6), 1039-1042.

Fogaça, C. A., Malavasi, M. M., Zucareli C., & Malavasi, U. C. (2006). Aplicação do teste de tetrazólio em sementes de Gleditschia amorphoides Taub. CAESALPINACEAE. Revista Brasileira de Sementes, 28 (3), 101-107.

Freitas, J. A., & Macedo, W. R. (2018). Germinação de sementes de araticum: doses de ga3 e períodos de embebição. Colloquium Agrariae, 14 (1), 153-157.

Gonçalves, L. G. V., Andrade, F. R., Marimon Jr., B. H., Schossler, T. R., Lenza, E., & Marimon, B.S. (2013). Biometria de frutos e sementes de mangaba (Hancornia speciosa Gomes) em vegetação natural na região leste de Mato Grosso, Brasil. Revista de Ciências Agrárias, 36 (1), 31-40.

Hössel, C., Oliveira, J. S. M. A., Fabiane, K. C., Wagner Jr., A., & Citadin, I. (2013). Conservação e teste de tetrazólio em sementes de jabuticabeira. Revista Brasileira de Fruticultura, 35 (1), 255 - 261.

Lorenzi, H., Lacerda, M. T. C., & Bacher, L. B. (2015). Frutas do Brasil Nativas e Exóticas: de consumo in-natura (768p.). São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora.

Marcos Filho. (2005). Fisiologia de sementes de plantas cultivadas (495p). Piracicaba: FEALQ.

Melo, J. T. (2010). Araticum. In. Vieira, R. F., Agostini-Costa, T. S., Silva, D. B., Sano, S. M., & Ferreira, F. R. (Ed.). Frutas Nativas da Região Centro-Oeste do Brasil. (pp. 64-74). Brasília: Embrapa Informação Tecnológica.

Microsoft Corporation. (2010). Microsof® Office Excel [Software]. Microsoft: Washington.

Nascimento, W. M. O., & Reis, A. H. A. (2014). Teste de tetrazólio para determinar a viabilidade em sementes de araçá-pera. Anais do Congresso Brasileiro de fruticultura (on-line). Cuiabá: UFMT, 23.

Oliveira, L. M., Garcia, C., Souza, G. K., Steffens, C. A., Pikart, T. G., & Ribeiro, M. S. (2014). Avaliação da viabilidade de sementes de Euterpe edulis pelo teste de tetrazólio. Magistra, 26 (3), 403 - 411.

Pereira, E. B. C., Pereira, A. V., Melo, J. T., Sousa-Silva, J. C., & Faleiro, F. G. (2004). Quebra de dormência de sementes de araticum (15 p.) Planaltina: Embrapa Cerrados.

Ratter, J. A., Bridgewater, S., Ribeiro, J. F., Dias, T. A. B., & Silva, M. R. (2000). Estudo preliminar da distribuição das espécies lenhosas da fitofisionomia Cerrado sentido restrito nos estados compreendidos pelo bioma Cerrado. Boletim do Herbário Ezechias Paulo Heringer, 5, 5-43.

Sarmento, M. B., Silva, A. C. S., Villela, F. A., & Santos, K. L. (2018). Biometria de frutos e sementes e crescimento pós-seminal de Acca sellowiana (O. Berg. Burret) Myrtaceae. Caderno de Pesquisa, 30 (1), 1-8.

Silva, D. B., Silva, J. A., Junqueira, N. T. V., & Andrade, L. R. M. (2001). Frutas do Cerrado (178p). Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica.

Silva, M. S., Borges, E. E. L., Leite, H. G., & Corte, V. B. (2013a). Biometria de frutos e sementes de Melanoxylon brauna Schott. (Fabaceae-Caesalpinioideae). Cerne, 19 (3), 517-524.

Silva, S. D., Mesquita, G. M., Souza, L. C., & Correa, T. C. (2013b). Boro aplicado simultaneamente à dessecação no cultivo do girassol. Global Science and Technology, 6 (3), 57-66.

Silva, E. A. A., Melo, D. L. B., Davide, A.C., Bode, N., Abreu, G. B., Faria, J. M. R., & Hilhorst, H. W. M. (2007). Germination ecophysiology of Annona crassiflora seeds. Annals of Botany, 99, 823-830


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line