Crescimento inicial de genótipos de mamoneira irrigados com água salina

Francisco Vanies da Silva Sá, Emanoela Pereira de Paiva, Evandro Franklin de Mesquita, Antônio Missiemário Pereira Bertino, Antônio Michael Pereira Bertino, Urandy Alves de Melo, Núbia Marisa Ferreira

Resumo


A mamoneira é uma planta oleaginosa cultivada em todo o mudo, principalmente em regiões que enfrentam problemas com limitações hídricas, muitas vezes relacionadas com problemas de salinidade. Todavia, a identificação de materiais tolerantes a salinidade ainda é restrita. Diante disto, objetivou-se avaliar o crescimento inicial de genótipos de mamoneira irrigados com água salina. O experimento foi conduzido no período de outubro a novembro de 2013, em casa de vegetação. Foram avaliados dois níveis de salinidade da água (Sal): S1= 0,6 e S2= 3,0 dS m-1 na irrigação de seis genótipos de mamona (G): G1 - BRS Nordestina; G2 - BRS Energia; G3 - LA Guarani; G4 - BRS Gabriela; G5 - IAC- Guarani; G6 - IAC 028. Unindo-se os fatores em um delineamento em blocos casualizados, tem-se como resultado 12 tratamentos (2 níveis de salinidade (Sal) x 6 genótipos de mamona (G), com 3 repetições, perfazendo 36 unidades experimentais, sendo cada parcela constituída por 2 plantas úteis. Aos 30 dias após a semeadura as plantas foram avaliadas quanto ao crescimento e acúmulo de fitomassa. O aumento da salinidade da água afetou o crescimento e o acúmulo de matéria seca dos genótipos de mamoneira. Os genótipos BRS Nordestina, BRS Energia, BRS Gabriela e o IAC 028 são os mais tolerantes à salinidade na fase de crescimento inicial dentre os materiais estudados. Os genótipos BRS Nordestina e IAC 028 alteram a sua distribuição de fotoassimilados em função do aumento da salinidade, expressando alto grau de tolerância ao estresse salino.


Texto completo:

PDF

Referências


AYERS, R. S.; WESTCOT, D. W. A qualidade de água na agricultura. 2. ed. Campina Grande: UFPB, 1999, 153p. (FAO, Irrigação e Drenagem, 29).

BABITA, M., MAHESWARI, M.; RAO, L. M.; A. K.; SHANKER, RAO, A. K.; RAO, D. G. Osmotic adjustment, drought tolerance and yield in castor (Ricinus communis L.) hybrids. Environmental and Experimental Botanic, v. 69, p.243-249, 2010.

BELTRÃO, N. E. M.; VALE, L. S.; MARQUES, L. F. ; CARDOSO, G. D. Consórcio mamona e amendoim: Opção para a Agricultura Familiar. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v.5, p.222-227, 2010.

BELTRÃO, N.E. de M.; ARAÚJO, A.E. de; AMARAL, J.A.B. do; CARDOSO, G.D.; PEREIRA, J.R. Zoneamento e época de plantio da mamoneira para o Nordeste brasileiro com aptidão sem restrições (Comunicado Técnico, 193). Campina Grande: Embrapa Algodão, 2003.

CAVALCANTI, M. L. F.; FERNANDES, P. D.; GHEYI, H. R.; BARROS JÚNIOR, G.; SOARES, F. A. L.; SIQUEIRA, E. C. Tolerância da mamoneira BRS 149 à salinidade: Germinação e características de crescimento. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.9, (Suplemento), p.57-61, 2005.

CAVALCANTI, M.L.F.; BARROS JÚNIOR, G.; CARNEIRO, P.T.; FERNANDES, P.D.; GHEYI, H.R.; CAVALCANTI, R.S. Crescimento inicial da mamoneira submetido à salinidade da água de irrigação. Revista de Biologia e Ciências da Terra, v.4, p.1‑8, 2004.

CENTENO, C. R. M.; AZEVEDO, C. A. V. DE; SANTOS, D. B. DOS; LIRA, V. M.; SANTOS, J. B. DOS. Estimación de la evapotranspiración del rícino (Ricinus communis L.) cv. BRS energía regado com diferentes niveles de água salina. Agrociencia, v.42, p.321-331, 2012

COSTA, M. E.; MORAIS, F. A. M.; SOUZA, W. C. M.; GURGEL, M. T.; OLIVEIRA, F. H. T. Estratégias de irrigação com água salina na mamoneira. Revista Ciência Agronômica, v. 44, n. 1, p. 34-43, 2013.

EMBRAPA. Manual de métodos de análise do solo. 3 ed. Rio de Janeiro: Centro Nacional de Pesquisa de Solos., 2011, 230 p. (Embrapa – CNPS. Documentos, 132).

FAGERIA, N. K.; SOARES FILHO, W. S.; GHEYI, H. R. Melhoramento genético vegetal e seleção de cultivares tolerantes à salinidade. In: Manejo da salinidade na agricultura: Estudos básicos e aplicados. INCTSal, cap 13, 2010. p.205-216.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência Agrotecnologia, v.35, n.6, p.1039-1042, 2011.

FLOWERS, T.J.; FLOWERS, S.A. Why does salinity pose such a difficult problem for plant breeders? Agricultural Water Management, v.78, n.1, p.15-24, 2005.

HOAGLAND, D.R. e ARNON, D.I. The water-culture method for growing plants without soil. Berkeley, California Agricultural Experiment Station, 1950. 32p. (Circular, 347)

LIMA, G. S. de; SOARES, L. A. dos A.; NOBRE, R. G.; GHEYI, H. R.; SILVA, S. S. da. Influência do estresse salino e da adubação nitrogenada no crescimento da mamoneira cv. BRS Energia. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v.6, n.3, p.213–221, 2011.

LIMA, G. S.; NOBRE, R. G.; GHEYI, H. R.; SOARES, L. A. A.; DIAS, A. S. Interação entre salinidade da água e adubação nitrogenada sobre o crescimento inicial da mamoneira. Agropecuária Científica no Semi-Árido, v.8, n.2, p 29-37, 2012.

LIMA, G. S.; NOBRE, R. G.; GHEYI, H. R.; SOARES, L. A. A.; SILVA, S. S. RESPOSTAS morfofisiológicas da mamoneira, em função da salinidade da água de irrigação e adubação nitrogenada. Irriga, v. 19, n. 1, p. 130-136, janeiro-março, 2014.

MEDEIROS, J. F. DE; LISBOA, R. DE A.; OLIVEIRA, M. DE; SILVA JÚNIOR, M. J. DA; ALVES, L. P. Caracterização das águas subterrâneas usadas para irrigação na área produtora de melão da Chapada do Apodi. Revista Brasileira Engenharia Agrícola e Ambiental, v.7, p.469-472, 2003.

MEDEIROS, J. F.; SILVA, M. C. C.; SARMENTO, D. H. A.; BARROS, A.D. Crescimento do meloeiro cultivado sob diferentes níveis de salinidade, com e sem cobertura do solo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.11, n.3, p.248–255, 2007.

MESQUITA, E. F.; CHAVES, L. H. G.; GUERRA, H. O. C.; LACERDA, R. D. Crescimento e produção de duas cultivares de mamoneira sob fertilização NPK. Revista Caatinga, v. 25, n. 2, p. 35-43, 2012.

MESQUITA, E. F.; SÁ, F. V. S.; BERTINO, A. M. P.; CAVALCANTE, L. F.; PAIVA, E. P.; FERREIRA, N. M. Effect of soil conditioners on the chemical attributes of a saline-sodic soil and on the initial growth of the castor bean plant. Semina: Ciências Agrárias, v.36, n.5, p.2527-2538, 2015.

NOBRE, R. G.; LIMA, G. S.; GHEYI, H. R.; MEDEIROS, E. P.; SOARES, L. A. A.; ALVES, A. N. Teor de óleo e produtividade da mamoneira de acordo com a adubação nitrogenada e irrigação com água salina. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.47, n.7, p.991-999, 2012.

SÁ, F. V. S.; BRITO, M. E. B.; MELO, A. S.; ANTÔNIO NETO, P.; FERNANDES, P. D.; FERREIRA, I. B. Produção de mudas de mamoeiro irrigadas com água salina. Revista Brasileira Engenharia Agrícola Ambiental, v.17, n.10, p.1047–1054, 2013.

SÁ, F. V. S.; PAIVA, E. P.; MESQUITA, E. F.; BERTINO, A. M. P.; BARBOSA, M. A.; SOUTO, L. S. Tolerance of castor bean cultivars under salt stress. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.20, n.7, p.557-563, 2016.

SILVA, J. V.; LACERDA, C.F.; COSTA, P. H. A.; ENÉAS FILHO, J.; GOMES-FILHO, E.; PRISCO, J.T. Physiological responses of NaCl stressed cowpea plants grown in nutrient solution supplemented with CaCl2. Brazilian Journal Plant Physiology, v.15, p.99-105, 2003.

SILVA, S. S.; SOARES, L. A. A.; LIMA, G. S.; NOBRE, R. G.; GHEYI, H. R.; SILVA, A. O. Manejo de águas salinas e adubação nitrogenada no cultivo da mamoneira em área do semiárido Paraibano. Agropecuária Científica no Semi-Árido, v.9, n.2, p 110-117, 2013.

SOARES, L. A. A.; LIMA, G. S.; NOBRE, R. G.; GHEYI, H. R.; LOURENÇO, G. S. Características morfológicas e produtivas da mamoneira em cultivo com águas salinas e adubação nitrogenada. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, n. 2, p.59-67, 2013.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. 5.ed. Porto Alegre: Artmed, 918 p. 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line