Tratamento fungicida e peliculização de sementes de arroz armazenadas

Maicon Rodrigues da Silva Sene, Carlos Eduardo Pereira, Jordana Araújo Flôres, Ana Lúcia Pereira Kikuti

Resumo


Resumo: O tratamento de sementes é uma importante prática do manejo integrado de pragas e doenças, principalmente em condições adversas de campo. Assim, no presente estudo avaliou-se o potencial fisiológico de sementes de arroz quando submetidas ao tratamento fungicida em associação à peliculização. Foram utilizados para o tratamento das sementes cinco polímeros, sendo: Disco Agroblue L204®, Disco Agro Blue L201®, Disco Agro Red 203®, Disco Agro Red 226®; sementes não revestidas com polímeros; e sementes tratadas com o fungicida carbendazim + thiram. Parte das sementes foram peliculizadas sem adição dos fungicidas. Em seguida, as sementes foram armazenadas por até 135 dias e as avaliações foram realizadas a cada 45 dias através das determinações de porcentagem de germinação; porcentagem de plântulas normais no teste de frio; emergência em bandeja e índice velocidade de emergência. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado e esquema fatorial 5x2x4 (polímeros, fungicida e armazenamento, respectivamente) em parcela subdividida, com quatro repetições. A peliculização não interfere na ação do fungicida carbendazim + thiram e no potencial fisiológico de sementes de arroz até 90 dias de armazenamento. Sementes de arroz tratadas com carbendazim + thiram apresentam, de modo geral, maior potencial fisiológico.

 

Palavras chave: Oryza sativa L., Fisiologia de semente, Controle de doenças.


Texto completo:

PDF

Referências


Avelar, S. A. G., et al. (2015). Tratamento e recobrimento de sementes de soja com polímeros líquido e em pó. Interciencia, 40 (2), 133-136.

Avelar, S. A. G., et al. (2012). The use of film coating on the performance of treated corn seed. Revista Brasileira de Sementes, 34 (2), 186-192, 2012. DOI: doi.org/10.1590/S0101-31222012000200001

Balardin, R. S., et al. (2011). Tratamento de sementes com fungicidas e inseticidas como redutores dos efeitos do estresse hídrico em plantas de soja. Ciência Rural, 47 (7), 1120-1126.

Benatto Jr., J. C., et al. (2012). Qualidade fisiológica de sementes de soja tratadas com fungicidas e recobertas com polímeros. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, 7 (2), 269-273. DOI: doi.org/10.5039/agraria.v7i2a1640

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (2009). Regras para análise de sementes (399p). Brasília: SNAD/DNDV/CLAV.

Castañeda, L. M. F., et al. (2014). Innovative rice seed coating (Oryza sativa) with polymer nanofibres and microparticles using the electrospinning method. Journal of Research Updates in Polymer Science, 3 (1), 33-39. DOI: doi.org/10.6000/1929-5995.2014.03.01.5

Coutinho, W. M., et al. (2000). Qualidade fisiológica de sementes de arroz em função da ocorrência diferenciada de Drechslera oryzae. Ciência e Agrotecnologia, 24 (1), 124-129.

Fagundes, L. K., et al. (2017). Rice seed treatment and recoating with polymers: physiological quality and retention of chemical products. Revista Caatinga, 30 (4), 920-927. DOI: doi.org/10.1590/1983-21252017v30n412rc

Ferreira, D. F. (2011). SISVAR: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35 (6), 1039-1042. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000600001

Krüger, F. O., et al. (2016). The effect of a fungicide treatment on the physiological potential of rice seeds after storage. Científica, 44 (2), 239-244. DOI: doi.org/10.15361/1984-5529.2016v44n2p239-244

Lenz, G., et al. (2008). Fitotoxicidade de fungicidas aplicados em sementes de arroz (Oryza sativa). Revista da Faculdade de Zootecnia, Veterinária e Agronomia, 15 (2), 53-60.

Long, D. H., et al. (2001). Rice blast epidemics initiated by infested rice grain on the soil surface. Plant Disease, 85 (6), 612-616. DOI: doi.org/10.1094/PDIS.2001.85.6.612

Ludwig, E. J., et al. (2014). Vigor e produção de sementes de crambe tratadas com fungicida, inseticida e polímero. Científica, 42 (3), 271-277. DOI: doi.org/10.15361/1984-5529.2014v42n3p271-277

Ludwig, E. J. (2018). Tratamento fitossanitário e polímeros em sementes de soja afetando a qualidade no armazenamento e a retenção do ingrediente ativo (64f). Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil.

Maguire, J. D. (1962). Speed of germination aid in selection and evaluation for seedling and vigour. Crop Science, 2 (2), 176-177.

Marcos Filho, J. (2015). Fisiologia de sementes de plantas cultivadas (660p). Londrina: ABRATES.

Menezes, B. R. S., et al. (2013). Avaliação da germinação e dormência de sementes de arroz vermelho e branco. Revista de Ciências Agroveterinárias, 12 (2), 129-140.

Ni, B. R., & Biddle, A. J. (2001). Alleviation of seed imbibitional chilling injury using polymer film coating: seed treatment challenges and opportunities. Bristish Crop Protection Council, 13, 73-80.

Pereira, C. E., et al. (2007). Desempenho de sementes de soja tratadas com fungicidas e peliculizadas durante o armazenamento. Ciência e Agrotecnologia, 31 (3), 656-665. DOI: doi.org/10.1590/S1413-70542007000300009

Pereira, C. E., et al. (2009). Tratamento fungicida de sementes de soja inoculadas com Colletotrichum truncatum. Ciência Rural, 39 (9), 2390-2395. DOI: doi.org/10.1590/S0103-84782009005000215

Pinheiro, V., Nascente, A. S., & Stone, L. F. (2018). Compactação sobre o sulco de plantio e tratamento de sementes na produtividade do

arroz de terras altas. Agrarian, 11 (39), 6-13. DOI: doi.org/10.30612/agrarian.v11i39.5267

Rufino, C. A., et al. (2013). Treatment of wheat seed with zinc, fungicide, and polymer: seed quality and yield. Journal of Seed Science, 35 (1), 106-112. DOI: doi.org/10.1590/S2317-15372013000100015

Schuch, J. Z., et al. (2006). Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de arroz com diferentes graus de umidade e tratadas com fungicida. Revista Brasileira de Sementes, 28 (1), 45-53. DOI: doi.org/10.1590/S0101-31222006000100007

Silva-Lobo, V. L. (2008). Efeito do tratamento químico de sementes de arroz no controle de brusone nas folhas e na qualidade sanitária e fisiológica das sementes. Tropical Plant Pathology, 33 (2), 162-166. DOI: doi.org/10.1590/S1982-56762008000200012

Tatagiba, S. D., DaMatta, F. M., & Rodrigues, F. A. (2015). Leaf gas exchange and chlorophyll a fluorescence imaging of rice leaves infected with Monographella albescens. Phytopathology, 105 (2), 180-188. DOI: doi.org/10.1094/PHYTO-04-14-0097-R

Taylor, A. G., Grabe, D. F., & Paine, D. H. (1997). Moisture content and water activity determination of pelleted and film-coated seeds. Seed Science Technology, 19 (1), 24-32.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Magistra

ISSN 2236-4420 - versão on line